MÉTODO | TREINO DE GRUPO

O Professor Fabio Guimarães, 57, ministra 90 % dos treinos e está atento diariamente à evolução do grupo como um todo e de cada aluno individualmente. Planeja os treinos levando em conta vários aspectos, tornando a atividade complexa com inúmeras variáveis que tornam os treinos dinâmicos, criativos e diferentes todos os dias.  São eles:
  • planejamento dos treinos: são elaborados através de 7 variáveis
  • periodização: (volume e intensidade): vários alunos treinam a semana toda e o ano inteiro
  • variabilidade: todo dia uma aula diferente com exercícios, aparelhos, habilidades, intensidades e volumes diferentes
  • motivação: faz com que o aluno esteja sempre motivado para vir treinar, pois sabe que vai ter sempre estímulos diferentes incorporados ao treino
  • adaptação: dependendo do nível do aluno, suas limitações e frequência existe uma adaptação do treino no dia para ele
  • criatividade: nestes 25 anos de FGF, nunca teve uma aula igual a outra.

 

As 7 variáveis utilizadas para montagem dos treinos no Método FGF:

  1. Qualidades físicas a serem trabalhadas;
  2. Distinção do trabalho feminino e do masculino se for o caso;
  3. Grupamentos musculares a serem trabalhados;
  4. Equipamentos a serem utilizados; ginastica, funcional, musculação e aeróbios
  5. Plano de aula FGF a ser utilizado (estrutura da aula);
  6. Elaboração dos exercícios, séries, vezes, repetições;
  7. Escolha das músicas: estilo e ritmo (bpm) de acordo com a aula.

“A experiência mostra que com esta diversificação no planejamento, as aulas tornam-se mais prazerosas, desafiadoras, enigmáticas e complexas para uma evolução cognitiva e física”.  

Qualidades físicas trabalhadas

Equipamentos a serem utilizados

  • halter de mão e dumbells
  • barras e anilhas
  • bastões
  • caneleiras
  • banco sueco
  •  cavaletes
  • colchonetes
  • rolo abdominal
  • barra de alongamento
  • macaco
  • barra e paralela
  • cordas suspensas
  • ketellbels
  • bozus e pranchas de equilíbrio
  • bolsas com cargas
  • rolo massagem
  • espaldar
  • mini band
  • elásticos de tração
  • cones
  • barreirinhas
  • cama elástica
  • medicinibol ( de várias funções)
  • cordas para saltitamento
  • cordas para força
  • pista emborrachada
  • aparelhos de musculação (todos Life fitness)
  • aparelhos aeróbios importados (esteiras,bikes,bikes horizontais,spins,escada,steper,elíptico,remos)

 

Fatores para montagem do plano de aula:

Métodos de treinamento desportivo existentes aplicados aos treinos indoor:

  • circuit training
  • power training
  • interval training
  • fartlek
  • tábata
  • hit

 

Métodos de desenvolvimento de treinos no indoor

  • série contínua (1 exercício)
  • série simples (2 a 3 exercícios)
  • série sequencia curta (4 exercícios)
  • série sequencia longa (5 ou mais exercícios)
  • série de inclusão de exercícios
  • série de exclusão de exercícios
  • série de inclusão e exclusão de exercícios
  • super série
  • série combinada (combina dois ou mais métodos no mesmo treino)
  • série por tempo

 

Contagem de repetições nos exercícios

  • mesmo número de repetições
  • progressiva
  • regressiva
  • progressiva em vezes
  • regressiva em vezes

 

Formas de trabalho cardiovascular

  • equipamentos
  • materiais diversos
  • corrida livre
  • saltitamentos
  • pliometria (saltos)
  • deslocamentos

 

Experiência que gera resultados

Os resultados alcançados pelos nossos alunos podem ser comprovados por diversos fatores:

  • ótimos resultados em avaliações e reavaliações físicas ( ergo espirometria e composição corporal);
  • melhora da força e da resistência;
  • melhora da consciência corporal;
  • melhora da coordenação neuro-motora;
  • melhora “radical” da estética; perda de medidas e ganho de hipertrofia e definição muscular
  •  melhora da auto estima e gosto pela atividade física;
  • melhora psicológica em vários aspectos como: concentração, determinação, vencer desafios, capacidade de lidar com limites e auto conhecimento;
  • melhora da relação espaço-tempo através de exercícios ritmados
  • melhora do ritmo através da execução dos exercícios encima da música que é um elemento motivador e energizador da aula.
  • melhora da integração social através de atividades lúdicas em dupla, trios e grupos nos treinos em conjunto com os alunos antigos propiciando uma rápida adaptação e interação com o grupo que já são uma família.

 

Atividade desafiadora e prazerosa

Nos treinos, existe uma hierarquia, onde os melhores alunos ficam na frente e sempre dão seu máximo no entendimento e na execução das atividades, com isso os alunos mais recentes os têm como referência e motivação, tornando a atividade mais prazerosa e ao mesmo tempo desafiadora com grau de concentração e seriedade altos. Pelo fato de ter um grupo grande de alunos que acompanham o trabalho há muito tempo (a maioria entre de 10 e 30 anos) é que se conseguiu alcançar uma “ Metodologia ideal para uma evolução constante”  

Evolução física e mental

Nosso corpo tem uma evolução física e orgânica constante, pois ocorre uma adaptação dos músculos e do coração ao exercício, por isso, para continuar obtendo resultados  são necessários novos estímulos, conseguidos através do trabalho correto de “volume”(carga), “intensidade” (dosagem) e exercícios diferentes.  Para manter essa evolução constante, aumentamos a nossa exigência psicológica, necessitando de maior motivação, conscientização, concentração e determinação para alcançar esses novos limites físicos.